Convenção sobre os direitos da criança é lembrada em trabalho patente no Mercado Municipal de Torres Vedras

Um “Estendal dos Direitos” tem estado patente no átrio do Mercado Municipal.

Esse trabalho integra-se numa campanha nacional, com a qual se pretende assinalar o 33.º aniversário da Convenção sobre os Direitos da Criança, a qual foi instituída a 20 de novembro de 1989 pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas.

A criação do “Estendal dos Direitos” em Torres Vedras é uma iniciativa que foi projetada pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens e pela Polícia de Segurança Pública (posto de Torres Vedras), à qual se associou a empresa municipal Promotorres. Esse estendal é constituído por trabalhos elaborados por elementos de várias entidades de ensino e instituições particulares de solidariedade social do Concelho (Bolinha de Neve; Mundo da Criança; Associação de Solidariedade e Ação Social da Ponte do Rol; Creche do Povo; Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras; Escola João de Deus; Centro Social e Paroquial de Santo António (de Campelos); e Agrupamento de Escolas Henriques Nogueira). Para além do estendal, foram ainda elaboradas pinturas em lençóis, que aludem à temática dos Direitos das Crianças, por alunos da turma 10.º K da Escola Secundária Henriques Nogueira, as quais estão patentes na fachada do Mercado Municipal.

O “Estendal dos Direitos” foi visitado pela presidente da Câmara Municipal, Laura Rodrigues, no passado dia 25 de novembro, que foi na ocasião acompanhada por elementos da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens e da Polícia de Segurança Pública e por alunos do 10.º K da Escola Secundária Henriques Nogueira.

O “Estendal dos Direitos” está patente no Mercado Municipal até amanhã, dia 30 de novembro.